Garrafa pet ou garrafa de vidro? Diferenças, mitos e verdades

Garrafa pet ou garrafa de vidro? Diferenças, mitos e verdades

Há quem diga que o refrigerante em garrafa de vidro é mais gostoso. E que, em termos de benefícios ao meio ambiente, garrafa de vidro é melhor que garrafa PET.

São afirmações que trazem um pouco de verdade e muito de mito. Vamos ver o porquê:

  1. Refrigerante em garrafa de vidro é mais saboroso?

O vidro é um material menos poroso do que o politereftalato de etileno, a resina que compõe as garrafas tipo PET. Por isso, protege mais o refrigerante de trocas de gás carbônico com o ambiente externo, o que pode influir no sabor final da bebida. Porém, o material de que é feito a garrafa não interfere sozinho no sabor final. Há que se levar em consideração, por exemplo, a qualidade da água e dos ingredientes  utilizados na fabricação desta bebida tão popular.

Além disso, especialmente o pessoal da geração Baby-boomer e  da geração X, que beberam refrigerante apenas em garrafa de vidro por grande parte da infância, pode gerar essa percepção de que o “refrigerante de vidro” tem mais sabor, mas isso pode estar mais relacionado a uma questão de experiência e até cultural.

  1. Refrigerante em garrafa PET é muito mais benéfico ao meio ambiente?

Apesar das embalagens de vidro serem retornáveis, a questão é que se gasta muita água para higienizar uma garrafa de vidro já usada quando comparada a quantidade de água que se usaria na produção de um litro de bebida em embalagem PET.

Especialistas apontam que, para se produzir um litro de bebidas em embalagem PET, são usados 2 litros de água, já incluída a água usada como ingrediente do refrigerante. Nas garrafas de vidro, por sua vez, são usados até 6 litros de água para cada litro de refrigerante produzido, devido à lavagem das garrafas reutilizadas e dos engradados para transportá-las.

Desse modo, ao se utilizar vidro, ganha-se na menor disposição de plásticos em depósitos de lixo e na natureza; por outro lado, ao se utilizar PET, há menor gasto de água no processo industrial.

  1. Tanto as garrafas PET quanto garrafas de vidro podem ser reaproveitadas? Verdade, ainda que de formas diferentes.

As garrafas PET, que num passado não muito distante, já foram apontadas como “vilãs” ambientais, podem ser recicladas em uma crescente variedade de produtos. De vassouras a telefones celulares, passando por camisetas, bancadas de pia e materiais para a indústria da construção civil e automotiva.

Já as embalagens de vidro são reutilizadas, tanto no uso doméstico (quem nunca usou uma garrafa de vidro que era do refrigerante para guardar água, leite ou vaso de flor?), quanto no envase de novos lotes de refrigerantes, conforme abordamos no item 2.

Como podemos ver, tudo é uma questão de escolha e preferência, sem deixar de lado a preocupação com um mundo melhor. E nós da Refrigerantes Convenção oferecemos opções para todos os perfis de consumidores de refrigerantes: de garrafas PET de 350 ml, 600 ml e 2 litros, passando pelas tradicionais garrafas de vidro de 600 ml e 355 ml. Nossas embalagens pensam nas necessidades e ocasiões de consumo de toda a família brasileira.

Para saber mais sobre a nossa linha de refrigerantes,  sabores e diferentes embalagens, clique aqui.

Comentários
Mostrar Comentários

Ainda não temos nenhum comentário para este artigo.
Seja o primeiro utilizando o formulário abaixo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *